05/Dez
Nova Iguaçu - RJ
ENTRADA FRANCA

Sinta o clima do espetáculo nesta galeria de fotos

“Festival Arrumação – Um Rio de Arte” chegou na cidade de Nova Iguaçu, Região Metropolitana do Estado do Rio de Janeiro para promover o intercâmbio entre representantes de diversas gerações que preservam as raízes culturais do país. Em cena, um verdadeiro espaço de encontro integrado para apresentações de música, performances poéticas, dança, tradição popular, notícia boa, tudo por meio de uma prosa tomada de bom-humor e irreverência, mediada pelo menestrel Saulo Laranjeira. Gravado ao vivo, o Festival criou um acervo único com o objetivo de ter permanentemente presente no imaginário popular a trajetória de artistas, públicos e instituições envolvidas direta e indiretamente na realização do projeto. Os encontros serão exibidos em forma de série na Rede Minas e TV ALERJ em 2023. 

O Festival celebra os 35 anos do “Arrumação”, programa realizado em Minas Gerais e gerado pela Rede Minas. Mas você quer saber por que “Arrumação” no Rio? 

O Festival foi inspirado nas ligações históricas do Rio com Minas. Celebra os 200 anos da Estrada Real do Comércio, que teve o trajeto original inaugurado na Vila de Iguassú, no ano de 1822, assim como celebra o Bicentenário da Independência. Já nos dias de hoje, o festival celebra os caminhos percorridos pela produção artística e cultural que conduz as Minas Gerais do Arrumação ao “Rio de Arte”. 

Direto de Belo Horizonte veio o ator, apresentador, compositor e cantor mineiro Saulo Laranjeira, especialmente para conduzir a apresentação do festival. Os convidados são a cantora e compositora Fátima Guedes e a cantora Mirianês Zabot. As participações da cidade e região ficam com Dudu de Morro Agudo, Fernanda Morais, Marcelo Peregrino e Sil. O Festival circula pelas cidades do Rio de Janeiro, Mendes, Belford Roxo, Nova Iguaçu, Paulo de Frontin, São Gonçalo e São João de Meriti, com o protagonismo de mais 42 artistas do cenário nacional e das cidades e regiões que sediam o projeto. 

O espetáculo aconteceu nessa  segunda, 5 de dezembro, às 20 horas no Teatro Sylvio Monteiro,  Casa de Cultura.
A entrada foi franca.

A gente se encontra lá!

Breve release de cada artista

Dalto

Dalto foi convidado pela EMI para gravar seu primeiro disco solo, Flash Back. No início dos anos 80, chegou aos primeiros lugares nas paradas de sucesso com Bem te vi (Renato Terra), Leão Ferido e Vinho Antigo (Byafra). Convidado novamente pela EMI em 1982 , gravou Muito Estranho e bateu o record brasileiro da música que mais tempo ficou em primeiro lugar na história da MPB e ganhando vários discos de Ouro, além de 3 de Platinas. Fez shows por todo Brasil e outros países.

Hyldon

Autor do sucesso Na Rua, na Chuva, na Fazenda (Casinha de Sapê), Hyldon iniciou sua populariddade nos anos 70. Suas músicas mais conhecidas são a já citada Na Rua, na Chuva, na Fazenda (Casinha de Sapê), As Dores do Mundo, Na Sombra de uma Árvore, Acontecimento e Velho Camarada, em parceria com Tim Maia e Fábio.